Posts Tagged 'montalcino'

dcpv – dia tredici – toscana – sob o por do sol da mesma.

03/08/2016

Dia tredici – ToscanaSob o por do sol da mesma.

É, este lado da Toscana, mais perto de Montalcino é muito particular.

A maioria das cidades são muito bonitas …

… e as estradas são demais.

A cada momento…

… e em cada curva, você vê aquelas paisagens de calendário.

Acordamos até que tarde (aqui tudo funciona mais tarde),…

… tomamos uma lauto café da manhã …

… e zarpamos para Montepulciano.

Cerca de uma hora depois, estávamos lá.

E tudo foi muito divertido.

Começa que a cidade é uma verdadeira pirambeira.

Pra você chegar até a Piazza Central …

… tem que andar muito.

E é tudo subida!

Mas vale a pena, …

… já que cada beco é um colírio.

Após nos divertirmos muito, …

… e apesar do calor …

… retornamos pra passar numa cidadezinha quase off no circuito Toscano.

Ele se chama San Quirico d’Orcia.

E é, pra variar, lindíssima.

Pequena e charmosa, …

… vale a pena ficar ali tomando um vinho da casa, …

… e ver o tempo passar.

Como estava no horário do almoço, resolvemos comer no restaurante duma vinícola próxima.

E a escolhida foi a Fattoria dei Barbi, em Montalcino.

Não poderia ser melhor.

Pedimos bruschettas e Caprese como entrada.

Como principais, a Dé foi de fetuccini ao ragu, …

… o Eymard escolheu frango com ameixas …

… e eu e a Lourdes, sabiamente, experimentamos polpetinni que estavam divinos.

Tudo regado a um vinho branco, o único que a Barbi produz.

Fizemos umas comprinhas na loja …

… e fomos para o hotel, pois tínhamos marcado uma visita pra vinícola do próprio Castello Banfi.

Foi um passeio básico, pra quem está acostumado com este tipo de tour (né, Re? 🙂 ), …

… mas o mais interessante foi ver onde ficam guardadas as preciosidades, …

… os Brunellos Banfi.

Pra terminar o dia passeando, resolvemos tocar pra Montalcino.

Ela não é reconhecidamente uma cidade maravilhosamente bonita, …

… mas tem o seu charme …

… e a iluminação do sol se pondo ….

…. contribuiu muito pra isso.

Além do mais, fomos conhecer a Fortezza, …

…. onde fica uma Vinoteca muito especial.

Aproveitamos a oportunidade e testamos 5 tipos de Brunellos especiais. Foi um voo e tanto.

Saímos de lá …

… e vimos o mais bonito por do sol Toscano até agora.

Tudo ficou super iluminado …

… e espetacular.

Restou jantar novamente no bom restaurante do hotel, o Castello Banfi, onde pulamos as entradas…

… e a Lourdes e a Dé pediram um Risotto especial com cebolas, aceto e amêndoas , …

… o Eymard repetiu o prato de fritos do mar …

… e eu, um risoto de lulas, mexilhões e menta.

Tudo muito bom e acompanhado dum vermentino Banfi muito bom.

Foi isso!

O dia foi comprido, muito divertido …

… e lindo!

Arrivederci.

 

.

Anúncios

dcpv – nono giorno toscano-milanese: uma ponte imaginária.

07/06/2013

Nono  giorno toscano-milanese: uma ponte imaginária. 

Hoje seria o dia do grande contraste.

DSC06035

Passaríamos a manhã na Toscana, mais precisamente em Montalcino, …

DSC06074

… e depois, nos deslocaríamos até Milão, onde ficaríamos até domingo (hoje é sexta).

DSC06120

Começando do princípio, fomos pra Montalcino logo cedo.

DSC06050

Pra dar uma boa olhada na cidade …

DSC06054

… e pra curtir a feira livre.

DSC06058

Nada melhor do que fazer umas comprinhas pra nos abastecer pra viagem milanesa.

DSC06066

Ainda deu tempo de “babar” mais uma vez na Fortezza

DSC06070

… e tomar uma taça de Poggio alla Mura.

DSC06069

Por volta das 12:00hs, zarpamos pra Milâo.

DSC06076

O caminho é longo e são quase 4 horas de carro; pior, numa auto-estrada.

DSC06092

Sabe que mesmo assim foi divertido? (claro que a companhia ajudou muito).

DSC06088

Demos somente uma parada num Auto Grill pra abastecer o carro (a comida ficou por conta dos mimos do Castiglion del Bosco) …

DSC06083

… e por volta das 16:30 hs chegamos ao Armani Hotel.

DSC06105

Falar que é bacana é constatar o óbvio.

DSC06178

Os quartos são modernos, espaçosos …

DSC06103

… e caso você sofra de sonambulismo, …

DSC06107

… tem a opção de explorar a mega-loja com quatro andares que fica logo abaixo do hotel. Haja Euros !

DSC06141

Tivemos um princípio de stress ao perceber que teríamos que entregar o carro alugado. Mas deu tudo certo.

DSC06112

Na volta, passamos no famoso Panzerotti do Luini (as filas são imensas) …

DSC06122

… e experimentamos um (maravilhoso) de queijo e presunto.

DSC06125

Passamos também na superloja la Rinascente …

DSC06128

… e subimos até o último andar, onde tomamos duas flutes de champanhe, …

DSC06134

… aproveitamos a qualidade da happy hour …

DSC06133

… e da vista da cobertura do esplêndido Duomo.

DSC06117

Como estava no caminho, demos  uma volta no Quadrilátero da Moda, …

DSC06139

… percebermos a beleza de tudo (somos fãs de Milão) …

DSC06121

… e voltamos pra curtir o hotel.

DSC06106

Devido ao cansaço, fizemos uma reserva no restaurante do próprio hotel.

DSC06150

O Armani restaurante estava tomado por brasileiros. Nos sentimos na praia milanesa.

DSC06145

É claro que o lugar é hyppado e extremamente bem decorado.

DSC06153

O piso é iluminado internamente e te dá a sensação de estar flutuando.

DSC06169

É, realmente, como você se sente ao experimentar a sua comida.

DSC06148

Começamos recebendo um piccolo como presente, uma entrada de papa ao pomodoro e rocambole de Coelho.

DSC06157

Pedimos um vinho branco, o Greco de Tufo Quintodecimo que funcionou perfeitamente com tudo.

DSC06154

Como entrada, resolvemos dividir um tartar de caranguejo com maionese e ervas, tomate e azeitonas. Muito bom.

DSC06158

E a noite seria de peixes. A Dé escolheu um Saint Peter empanado com abobrinhas

DSC06162

… e eu, uma Perca com abobrinhas, maionese de água do mar e ratatouille.

DSC06165

Tudo com muita qualidade.

DSC06164

Tão bom que resolvemos experimentar uma sobremesa (no velho esquema 2×1). O Mil Folhas de limão siciliano com caramelo estava sensacional.

DSC06172

E melhor com um cálice do Vin Santo Castelo di Ama (coincidentemente, a vinícola que visitamos ontem).

DSC06170

Enfim foi realmente um jantar de gala, assim como toda coisa que sendo da grife Armani tem que ser.

DSC06174

O negócio foi pegar o elevador, descer 3 andares e descansar, porque amanhã, Milano promete.

DSC06177

Arrivederci.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Primo giorno toscano – De FV pra Toscana, ou melhor, Cortona.
Secondo giorno toscano – Voltando a Chianti e ao Castelo de Volpaia.
Terzo giorno toscano – Uma verdadeira puxada (curva) até Urbino.
Cuarto giorno – Sob o sol (e a chuva, e a tempestade e a cozinha) da Toscana.
Quinto giorno – Menu de cidades na Toscana.
Sesto giorno – Pitigliano, Bagno Vinoni, San Quirico, Buonconvento. Isto é Toscana?
Settimo giorno toscano – Happy birthday to you.
Ottavo giorno toscano – Castello di Ama, o piccolo Inhotim.

.

dcpv – sesto giorno – pitigliano, bagno vinoni, san quirico, buonconvento. isto é toscana?

04/06/2013

Sesto giornoPitigliano, Bagno Vinoni, San Quirico, Buoncovento. Isto é Toscana?

Pra variar um pouco, aproveitaríamos o dia pra conhecer cidades diferentes e pouco turísticas.

DSC05200

Tomamos o nosso café da manhã (excelente) no hotel e rumamos pra Pitigliano.

DSC05188

Ela fica até que longe de Montalcino, mas a visita vale cada quilômetro rodado.

DSC05223

Andamos muito (quase 1,5 horas) e as vistas compensaram. Vem aí mais um fotoblog:

DSC05195

DSC05196

DSC05198

DSC05202

DSC05213

DSC05222

DSC05225

DSC05229

DSC05237

O problema é que quando chegamos perto, a estrada de acesso à cidade estava interditada.

DSC05205

Resultado? Demoramos mais meia hora até chegar.

DSC05239

E aí veio mais um estresse: não tinha lugar pra estacionar!

DSC05242

Conseguimos um lugarzinho a duras penas e quando estávamos pensando que talvez fosse uma roubada, tivemos esta visão:

DSC05257

A cidade, Pitigliano, é toda incrustada num tipo de rocha leve, o tufo.

DSC05256

E o que é exatamente este tufo?

DSC05253

Vou copiar o guia: é uma rocha vulcânica amarelada, rígida, mas relativamente macia e leve. Etruscos e romanos a consideravam bom material de construção – podia ser extraída, cortada e transportada com rapidez, ideal para erguer rapidamente uma defesa que, depois, seria reforçada com pedras duras.

DSC05264

Não preciso nem dizer que a cidade é realmente imperdível, né?

DSC05250

Passeamos muito por lá, …

DSC05268

… nos admiramos com tudo, …

DSC05260

… compramos algumas coisas (azeites, vinhos, açafrão) e ,…

DSC05292DSC05293

… logicamente, escolhemos um lugar pra almoçar, …

DSC05270

… a Hostaria il Ceccottino, …

SONY DSC

… um restaurante à sombra do Duomo barroco …

DSC05290

… e que tem por filosofia trabalhar com produtos 0km.

SONY DSC

Resumindo, continuamos o nosso passeio etrusco durante a refeição.

DSC05269

A Dé pediu legumes em conserva (cebolinhas doces, tomates secos, azeitonas verdíssimas, berinjelas desidratadas e as suas queridinhas alcachofras).

DSC05281

Eu pedi também como entrada, Crostinis de linguiça e queijo Fondutta.

DSC05280

Como estava dirigindo, escolhemos uma taça de vinho Vermentino da região pra Dé e um Brunello pra mim.

DSC05276

Abusamos um pouco (a situação merecia) e pedimos 2 principais. O da Dé foi um tagliarini com trufas negras, …

DSC05286

… e o meu, coelho ensopado com legumes.

DSC05282

Ambos perfeitos.

DSC05289

Tomamos um expresso (corto) e continuamos o nosso tour etrusco por Pitigliano.

DSC05295

Resolvemos voltar pra Montalcino e aproveitar algumas cidades da região que se encontravam no caminho.

DSC05304

A primeira foi Bagno Vignoni, …

DSC05312

… uma comunidade termal e bem aprazível.

DSC05309

Inclusive, aproveitamos pra molhar os nossos pezinhos cansados na água quente e sulfurosa, que dizem, é curativa.

DSC05306

Daria até pra confundir o ambiente com uma “Osteria do Fiume Caldo”. 🙂

DSC05316

Logo em seguida, entramos em San Quirico D’Orcia, …

DSC05323

… mais um exemplo de cidadezinha de calendário e muito bonitinha.

DSC05320

Todos estes diminutivos servem pra descrever …

DSC05327

…o superlativo da beleza do lugar.

DSC05324

Finalmente, visitamos o povoado mais próximo do hotel, o borgo Buonconvento, …

DSC05333

… que tem uma característica muito interessante em comparação com as demais cidades: …

DSC05334

… não fica no alto de nenhuma colina.

DSC05335

Como sempre, um espetáculo.

DSC05336

Voltamos pro hotel a tempo de dar uma descansada e rumar pra Montalcino (que fica a quase 30 minutos de lá).

DSC05338

Tínhamos reservado numa Enoteca, mas o tempo deu uma piorada (hoje fez o sol o dia inteiro) e resolvemos comer no restaurante do próprio hotel.

DSC05339

E foi uma escolha mais do que acertada.

DSC05343

Começamos tomando umas tremendas flutes de champagne (francês, per favore) …

DSC05348

… e comendo uma pseudo-salada que veio montada em pedaços (tenros tomates, salsões, rabanetes, erva-doces, pepinos, cenouras) …

DSC05350

… que temperados com o estupendo azeite, formaram uma entrada daquelas.

DSC05353

Pra acompanhar tudo, um Brunello da casa, o Campo del Drago 2007, que simplesmente desmanchava na boca.

DSC05360

Adivinhem se a Dé não escolheu uma Caprese com o upgrade de ser servida com alcachofras … cruas?

DSC05358

Eu fui de maccherone com ragu de Chianina e salsão. Uma belezura.

DSC05357

Agora, com tudo isso na mais completa definição de excelente gastronomia, o destaque total foi uma semi-pizza, uma crostata, que era crocante, deliciosa e viciante.

DSC05364

Enfim, foi uma noite e um dia memorável.

DSC05366

Toscano ao extremo, assim como o céu. Under the Tuscan sky!

DSC05369

Arrivederci.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Primo giorno toscano – De FV pra Toscana, ou melhor, Cortona.
Secondo giorno toscano – Voltando a Chianti e ao Castelo de Volpaia.
Terzo giorno toscano – Uma verdadeira puxada (curva) até Urbino.
Cuarto giorno – Sob o sol (e a chuva, e a tempestade e a cozinha) da Toscana.
Quinto giorno – Menu de cidades na Toscana.

.

dcpv – quinto giorno – menu de cidades na toscana

03/06/2013

Quinto giornoMenu de cidades na Toscana.

Mais um início de dia broncolhão.

DSC05047

Após o dilúvio de ontem a tarde, o tempo permaneceu nublado e acordamos com muita chuva.

DSC05051

De qualquer forma, a programação seguiria (the show must go on), já que as cidades que iríamos visitar ficam bem no caminho entre Cortona (onde estamos hospedados) e Montalcino (pra onde iremos).

DSC05062

Após tomar o café da manhã e arrumarmos as malas, …

DSC05039

… rumamos pra Lucignano, uma cidadezinha pequena e muito charmosa (coisa bastante comum por aqui).

DSC05064

Como a chuva deu uma amainada, descemos do carro e fomos conhecer o centro que é muito bacana e tem uma característica bem interessante: …

DSC05069

… as ruas são concêntricas em relação à praça principal, …

DSC05087

… e você fica com a clara impressão de estar num labirinto (esta dica eu devo ao Riq do excelente blog Viaje na Viagem), …

DSC05085

… além de realmente parecer que está numa outra época.

DSC05080

É encantador.

DSC05095

De lá, fomos pra Pienza, a terra do Papa Pio II.

DSC05053

A cidade é bem bonita  (é considerada Patrimônio Histórico da Humanidade) e tem uma característica interessante em comparação com as demais da região: ela foi totalmente concebida através de projetos do arquiteto Bernardo Rossellino, patrocinado pelo Papa Enea Silvio Piccolomini, daí o nome Pienza.

DSC05100

A Piazza Pio II é o centro das atenções e o local das principais atrações (o Palazzo Piccolomini, o Duomo, o Museu Diocesano também estão por lá).

DSC05121

Aproveitamos pra almoçar em Pienza mesmo e na Trattoria Latte di luna.

DSC05113

O restaurante é bonito e fica perto da rua do Amor (os nomes de rua de Pienza são bem românticos).

DSC05097

A Dé escolheu um Papardele ao Ragu de Carne,…

DSC05118

… eu, uma Bisteca a Fiorentina com batatas fritas, …

DSC05114

… acompanhando com um tinto da casa, um glorioso Nobile de Montepulciano Poliziano 2010.

DSC05108

Quando estávamos pensando em aproveitar o passeio, caiu mais um verdadeiro pé d’água.

DSC05126

Só nos restou ir pro carro e prometer voltar pra conhecer melhor Pienza, a terra do Pio II.

DSC05130

De qualquer forma, tínhamos que fazer o checkin no hotel Castiglion del Bosco (daqui pra frente, vamos chamá-lo de CdB), um empreendimento magnífico da família Ferragamo e que fica próximo de Montalcino.

DSC05136

Os quartos são espetaculares e não me surpreenderia cruzar com o Sting e família (ou qualquer star da mesma categoria) por aqui.

DSC05131

Ficamos curtindo o quarto e a chuva, já que tínhamos uma reserva pra jantar em Montalcino, a terra dos Brunellos.

DSC05134

E seria no restaurante Re di Macchia.

DSC05167

A chegada à cidade não poderia ser mais estressante.

DSC05141

Afinal de contas, praticamente não existe lugar pra estacionar por lá.

DSC05146

Tivemos que parar no estacionamento (a esta hora, não pago) próximo da Fortezza, uma fortaleza que fica no ponto mais bonito e mais alto de Montalcino.

DSC05147

É claro que quase chegamos atrasados no restaurante, apesar de termos aportado meia hora antes na cidade.

DSC05143

Incrível como os estabelecimentos sempre parecem não ter ninguém (as ruas estão sempre vazias), mas quando se chega lá, estão lotados (por isso, reserve sempre).

DSC05170

O restaurante Re di Macchia é um daqueles em que a comida é muito boa, o ambiente é acolhedor e como sempre, a família toma conta de tudo.

DSC05164

No nosso caso, o esposo, o Antônio veio nos atender enquanto a Roberta, a esposa, estava cozinhando.

DSC05168

Escolhemos um prato de frios como entrada (o melhor que experimentamos até agora).

DSC05158

A Dé optou, como principal, numa variação de queijos (pecorino e parmeggiano) com o acompanhamento de geléias, mel e frutas.

DSC05163

Eu fui numa tagliatta com rúcula e batatas. Um espetáculo!

DSC05161

E ainda relembramos a viagem passada pra cá, tomando uma meia garrafa dum Brunello Banfi de primeiríssima.

DSC05153

Estávamos prontos pra aventura de ir embora.

DSC05169

Primeiro, pela dificuldade de encontrar o estacionamento em meio a uma neblina que transformava Montalcino numa cidade quase que fantasma.

DSC05174

E segundo, pela meia hora de estrada enevoada até chegarmos ao hotel.

DSC05173

Em suma, foi mais um dia encantador!

DSC05139

Arrivederci.

Leia sobre os outros dias desta viagem:
Primo giorno toscano – De FV pra Toscana, ou melhor, Cortona.
Secondo giorno toscano – Voltando a Chianti e ao Castelo de Volpaia.
Terzo giorno toscano – Uma verdadeira puxada (curva) até Urbino.
Cuarto giorno – Sob o sol (e a chuva, e a tempestade e a cozinha) da Toscana.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 663 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.413.087 hits
maio 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios