Posts Tagged 'nfl'

dcpv – eleventh day – usa – boston – aqui tá quente, tá frio. muito quente, tá frio.

11/09/2021 (vivido em 19/01/2020)

Eleventh Day – USA – BostonAqui tá quente, tá frio. Muito quente, tá frio.

Nevou bastante e …

… acordar vendo tudo branquinho …

… é muito legal.

Dormimos até um pouco mais tarde …

… porque devido ao frio, …

… a intenção seria bater umas perninhas pelos shoppings, lugares acolhedores.

Tomamos o nosso gostoso café da manhã no XV Beacon, …

… com inclusive, um pessoal tocando umas músicas muito legais (era dia de brunch) e …

… utilizamos um ótimo serviço prestado pelo hotel.

Eles tem carros, carrões, pra fazer transfers pro lugar que você quiser, …

… desde que fique num raio de 3 km de lá.

Como em Boston tudo é muito perto, …

… dá pra usá-lo bastante.

Fomos até o shopping Prudential Center, …

… que fica bem na zona comercial da cidade e …

… é ligado por uma passarela ao outro mais luxuoso, o Copley Place.

Chegamos e de cara, ficamos impressionados com a loja da Under Armour.

Tínhamos visto a palestra do seu fundador na NRF e …

… estávamos muito curiosos pra ver se tudo o que ele tinha dito estava sendo executado.
Estava!

A loja é um espetáculo, …

… vibrante e …

… obviamente, os seus produtos são excelentes.

Alta tecnologia aplicada a tudo, além de um bom gosto imenso.

Continuamos vendo várias lojas; …

… os shoppings americanos são muito legais, né?

Passamos em lojas de departamentos, …

… tanto na Sacks Fifth Avenue, como na Neiman Marcus, …

… num montão de lojas bacanas e …

… como estamos numa nova fase, até que compramos bem pouco.

É claro que almoçamos frugalmente …

… no novo Eataly que abriu por aqui e …

… que é bem roots.

Tem Piazza, …

… tem mozzarella de búfala, tem tábua de frios e …

… ufa, tem Aperol Spritz.

Como última missão oficial do dia, …

… iríamos na nossa mais queridinha loja de calçados.

Allbirds faz, certamente, os sapatos mais confortáveis do mundo.

Na verdade, eles são um produto único que nem bem são sapatos, nem bem são tênis (só não os chame de sapatenis, por favor). 🙂

Mas são demais e desta vez, esquecemos completamente a promessa do não consumo. Hahaha

Voltamos pro hotel de Uber, …

… pois o frio mais pesado já tinha retornado.

E foi bom, porque vimos um daqueles tramontos, …

… sunsets, pores do sol, seja lá como você queira chamar, …

… simplesmente inesquecíveis.

E sorte nossa, tínhamos as duas finais da NFL pra ver na televisão.

Sim senhores, na terra dos Patriots, …

… ficamos no hotel vendo estes jogões e …

… curtindo o calorzinho da lareira.

Taí um bom programa, ainda mais feito com uma maravilhosa companhia.

Quase no final do segundo jogo, …

… bateu aquela fominha e …

… lembrei que ainda não tínhamos comido uma das preciosidades da gastronomia ianque: …

… um clássico burguer.

Pertinho do hotel tinha um Shake Shack.

Fomos lá e apesar do friozaço reinante, foi uma maravilha.

Um tremendo cheeseburguer pra mim, um ótimo hotdog pra Dé e batatas clássicas pra nós.

Absolutamente perfeito.

Voltamos devidamente reconfortados e direto pra caminha quentinha.

Amanhã será dia de retornar pra Nova Toscana.

Mal sabíamos que a pandemia estava à espreita!

Bye!

Veja os outros dias desta interessante viagem:
First day – USA – Boston – Sem piadinhas, por favor!
Second day – USA – Boston/NYC – Um contraste incrível e uma constatação mais ainda. Incrível mesmo é o The Vessel.
Third day – USA – NYC – A cidade que nunca dorme. E nós também.
Fourth day – USA – Nova York – Varejando, passeando e comendo bem na Big Apple.
Fifth day – USA – NYC – Conhecendo o The Vessel, o vaso chic por dentro.
Sixth day – USA – NYC- Tem NBA, estamos lá!
Seventh day – USA – NY – Mistura bombástica: compras e Psycho Killer.
Eighth day – USA – NYC – Misturando história com filmes e cores. Já o Seu Jorge
Ninth day – USA – NYC/Boston – Do muito frio para o muitíssimo frio.
Tenth day – USA – Boston – Um city tour e um jogo da nba enregelados.

.

 

 

dcpv – day eleven – usa – seattle – a terra dos seahawks.

03/11/2019 (vivido em 30/10/2018)

Day eleven –  USA – Seattle, a terra dos Seahawks.

E não é que hoje seria o dia de vermos o jogo dos Seahawks, …

… que, por sinal, é o time queridinho da Dé.

Pra variar, …

… aqui em Seattle, …

… o dia amanheceu broncolhão e com previsão de chuva.

Aproveitamos pra dar uma volta pela região do hotel.

Puro reconhecimento.

Tomamos um ótimo café da manhã num dos n Starbucks da cidade …

… e fomos até a região comercial…

… dar uma boa olhada nas lojas que visitaremos brevemente.

Tudo bem que andamos debaixo de chuva, …

… mas considerando que a expectativa aqui em Seattle …

… é encontrar chuva, …

… fomos muito bem sucedidos. Hahaha.

Voltamos rapidamente pro hotel, …

… porque queríamos não atrasar pra chegar no jogo.

Não é todo dia que se vê um jogaço como o de hoje.

Afinal de contas, o Seahawks (2×2) encontraria o surpreendente LA Rams (4×0).

Fomos com quase uma hora de antecipação com a esperança de ver o espetáculo completo, hino nacional americano incluso.

Que ilusão!

Compramos tickets pro estacionamento principal e confiamos no sistema. Tudo daria certo.

Só que não!

Ficamos mais de uma hora presos num congestionamento próximo do estádio …

… e tivemos que nos contentar em chegar quando o jogo já tinha começado.

Mas foi muito empolgante.

Primeiro, que o estádio é emocionante.

Ainda mais completamente lotado.

Segundo, que o jogo foi mesmo empolgante.

Foi um tal de um time descer e fazer um touch down …

… e o outro fazer a mesma coisa.

O resultado até que não importou muito, …

… mas, de qualquer forma, ver o Russel Wilson de pertinho foi demais.

E por último, a torcida do Seahawks foi duca.

Já tínhamos ouvido pela tv o volume de barulho que eles fazem, …

… mas não imaginávamos o quão alto seria.

Olha, ao vivo é totalmente ensurdecedor.

E contagiante (até os Gaviões compareceram).

Quanto mais se ouve gritos, mais se tem vontade de gritar.

Além de que o espetáculo todo ē inigualável, lugares marcados e respeitados, …

… comida e bebida em profusão …

… e lojinhas transadas com mercadorias exclusivas dos times.

Enfim, foi um programa completo …

… e memorável.

A saída do parking também foi enrolada, …

… mas nos divertimos tanto, …

… que curtimos até esse “defeito”!

Retornamos ao hotel e tínhamos que jantar.

Pra simplificar, resolvemos comer uma pizza.

E fomos na Tutto Bella, que fica bem ao lado.

Pedimos uma margherita especial e pudemos confirmar que o slogan deles, a “vero pizza italiana” é mesmo verdadeiro.

Sim. aquela torre totalmente com fog é a Space Needle.

Quanto ao jogo da NFL, certamente voltaremos!

D-fence, d-fence!

See U!

Veja como foram os outros dias desta viagem:
day One – USA/Canadá – Como chegar em Vancouver após divertidas 43 horas.
day Two – Canadá – Vancouver – Fazendo city tours, inclusive de hidroavião.
day Three – Canadá – Vancouver – Voando na NBA.
day Four – Canadá – Vancouver – Passeio por Granville Island/.
day Five – Canadá – Vancouver – Nem só de sol vive o turista.
dia Six – Canadá – Vancouver – Capilano/Grouse/cervejas: tripleta duca.
day Seven – Canadá – Vancouver – Sea to sky sobre rodas e que rodas!
dia Eight – Canadá – Vancouver – Sea to Sky, ô nominho verdadeiro e bonito!
day Nine – Canadá/USA – Vancouver/Seattle – Atravessando a fronteira num boa e legalmente.
day Ten – USA – Seattle – Conhecendo a fundo a exuberancia da Bainbridge Island.

.

 

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.283 hits
outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter