Posts Tagged 'relogio florido'

dcpv – tag – zwölf – suíça – neuchâtel/genebra – relógios, desfiladeiros e cidade moderna. esta é a suíça.

07/09/2020 (curtido em 06/08/2019)

Tag Zwölf – Suíça – Neuchâtel/Genebra – Relógios, desfiladeiros e cidade moderna. Esta é a Suíça.

Não deu nem tempo de curtir a beleza do hotel Palafitte.

Tomamos um lauto café da manhã por lá e …

… partimos pra La-Chaux-de-Fonds.

O dia amanheceu ensolarado, …

… mas rapidamente tudo mudou e …

… caiu um temporal.

De qualquer forma …

… o caminho, como sempre, é muito bonito …

… apesar da chuva.

A cidade é até que bonitinha, …

… mas queríamos ver a sua grande atração …

… que é o Museu do Relógio.

E a coisa toda é surpreendente.

Porque a quantidade de informações …

… bem como o formato do lugar te deixa encantado.

Tudo é muito didático, …

… explicando como o relógio surgiu …

… desde as priscas eras …

… até os dias de hoje.

O indefectível mini fotoblog é mais do que necessário.

Saímos de lá, …

… pra ir conhecer uma outra atração inusitada …

… deste, pra nós, tão inusitado país.

Creux du Van

… é um desfiladeiro que fica …

… bem no alto da montanha.

Você dirige uma meia hora pra fora da auto estrada, …

… (olha as vaquinhas dançantes aí de novo) …

… chega num restaurante no meio do nada, o du Saliat, …

… anda uns 10 minutos (eis mais um monte daquelas vaquinhas sapateadoras) e …

… quando chega no lugar, …

… o impacto é forte.

São paredões de quase 200 metros de altura …

… com o formato duma cratera de vulcão e …

… com uma vista incrível …

… de todo o vale.

Sabe aquela sensação de você ser apenas uma mosquinha (não dançante) …

… no meio do Universo?

Pois é isto mesmo!

Só que neste caso, toda a grandiosidade se transforma num belíssimo espetáculo.

Ah, lá em cima até que o tempo estava bom.

Continuamos rumo a Genebra, …

… mas antes passamos no Chateau GrandSon …

… e no de Aubonne.

Como a chuva insistia em cair, só passamos mesmo.

Chegamos ao hotel La Réserve e …

… novamente nos surpreendemos com a qualidade de tudo.

Tudo bem que ele fica um pouco fora do centro da cidade, …

… mas pra quem está de carro, como nós, é o ideal.

Tudo é muito bonito, …

… as obras de arte …

… em seu entorno …

… e o quarto é perfeito.

Até uma varandinha com jardim nos arranjaram.

E rapidamente rumamos pra conhecer Genebra.

Com a particularidade que o hotel …

… tem um barco de madeira, como aqueles de Veneza, …

… pra te levar pra lá.

Chegamos e fomos dar uma passeada pelo Jardim Inglês.

Só estranhamos que o famoso Jato d’Água estava desligado.

Segundo a comandante do barco, ele não funciona quando está ventando muito.

Mas passeamos pela praça, …

… vimos o famoso Relógio Florido e …

… incrível como a maioria dos turistas não o vê como um grande trabalho de jardinagem e …

… só pensam em tirar as mesmas fotos manjadas por lá. Rsrsrs

Continuamos andando …

… porque queríamos tomar alguma coisa na Place Bourg-de-Four.

Ela é muito agitada e …

… graciosa.

Tomamos uns Aperóis só pra iniciar os trabalhos e …

… descemos pra conhecer a Globus, …

… uma tremenda loja de departamentos, ..

… que além de vender roupas e utensílios em geral, …

… tem uma delicatessen no seu sub solo …

… daquelas de chamar …

… de meu sex shop!

Amamos!

Retornamos pro hotel, …

… debaixo de chuva e …

… de barco.

Aí foi só dar uma descansada e …

… partir pro jantar, …

… que seria no chinês estrelado do próprio hotel.

O The Tse Fung é o que podemos chamar de china de raiz, …

… com categoria.

Eles dão grande importância aos ingredientes e ao significado que uma refeição tem.

Com este princípio e por não termos almoçado, escolhemos todos os nossos pratos.

A Dé escolheu rolls de arroz vermelho com camarão e um peixe frito lindíssimo.

Eu fui de rolinhos de legumes e …

… camarão com pimenta sechuam.

Ambos incríveis e muito bem temperados.

No quesito vinho, fui corporativo quando optei por um branco da Borgonha, o Saint Veran.

Olha, agradecemos ao Universo pelo nosso quarto estar no mesmo andar do restô e não termos que andar quase nada até o nosso merecido descanso.

Au revoir!

Veja os outros dias desta estupenda viagem:
Tag ein – Suíça/Liechtenstein – Zurich/Vaduz – Museu de árvore? Adega do Príncipe?
Tag zwei – Liechtenstein/Alemanha/Suíça – Visitando 3 países num dia só e de carro.
Tag drei – Suíça – Zurich/Basel – City tour guiado e museu Vitra Design combinam? Sim e muito.
Tag vier – Suíca – Zurich – Furka Passs and my name is Luz, Eduluz e com licença pra jantarmos com a Pink.
Tag fünf – Suíça – Zurich – Lucerna e Pink: duas superstars.
Tag sechs – Suíça – Zurich/Andermatt – Bondinhos de todos os tipos: circulares, telefericos, regulares e até conversíveis.
Tag sieben – Suíça – Andermatt/Vevey – O dia de babar em cima de Lauterbrunnen. Ou quase.
Tag acht – Suíça – Riviera de Montreux – Nada como comer um queijo gruyere na-cidade onde foi feito. Você sabe o que é a Fête des Vignerons?
Tag neuen – Suíça – Riveira de Montreux – O museu do Chaplin te deixa mudo. Ah, Lavaux tá novo!
Tag zehn – Suíça – Riviera de Montreux – O museu Olímpico é dos deuses. Já o do Queen é dos reis (do rock). É tudo instintivo!
Tag elf – Suíça – Vevey – Neuchâtel, a verdadeira Suíça franco/alemã e um hotel sobre as águas.

.

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.251 hits
outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter