Posts Tagged 'santorini arts factory'

dcpv – pémpti iméra – grécia – santorini – red beach, santo wines e o legítimo poente em oia!

19/10/2020 (muito bem vivido em 29/09/2019)

Pémpti iméra – Grécia – SantoriniRed Beach, Santo Wines e o legítimo poente em Oia!

Hoje seria mais um daqueles dias ensolarados gregos.

E nada melhor do que iniciá-lo …

… tendo mais uma visão espetacular da Caldeira.

Você sabia que ela era originariamente uma cratera de vulcão e …

… que foi separada da ilha após uma grande erupção?

Mais uma boa curtida e …

… fomos tomar o nosso ótimo café da manhã (veja se não?) …

… admirando-a profundamente .

É incrível o magnetismo que ela possui!

Saímos até que cedo …

… com destino a Akrotiri.

Mas sabiamente mudamos a nossa decisão.

Optamos por ir conhecer Red Beach …

… que é próxima, …

… mas como tem poucas vagas no estacionamento, …

… resolvemos passar primeiro por lá.

Chegamos, paramos e ficamos boquiabertos.

Primeiro que ela é toda vermelha mesmo.

Ou melhor, o paredão que fica trás dela é totalmente vulcânico e vermelho.

Segundo que você tem que percorrer uma trilha tortuosa, …

… difícil e …

… interessante até chegar a visualizá-la.

Aí é só correr pro abraço.

Porque o visual é mesmo incrível.

Pense numa água super transparente, com tons de azul e verde …

… ladeada por rochas vermelhas nas mais variadas formas, …

… seja em pedronas, seja em pedrinhas …

… seja em desabamentos e finalizada com pedras escuras?

Olha, acho que nem o pessoal da Disney faria melhor.

Retornamos com a intenção de conhecer Akrotiri (é claro que compramos o souvenir) …

… que é uma cidade da Grécia antiga, …

… mas o calor estava tão intenso que passamos e …

… fomos direto pra Santorini Arts Factory.

Que vem a ser um museu numa fábrica de molho de tomates.

E o tour é incrível.

Inicia com um passeio guiado …

… onde nos foi mostrado …

… todo o processo old school …

… de se fazer uma massa de tomates.

Imagine a dificuldade de se transformar …

… tomates especiais cultivados neste solo tão desértico …

… num produto industrial …

… vendido em latas?

Imagine ainda que nem energia elétrica eles tinham e muito menos transporte para a matéria prima (usavam burrinhos)?

Eram realmente heróis estes gregos.

Ao final do tour, você ainda tem direito a fechar uma lata de molho numa máquina daquelas antigonas e …

… escolher a sua embalagem.

Taí mais um belo souvenir.

Ainda deu tempo de tirar algumas fotos de Vlichada …

… com sua bonita marina.

Como estávamos em cima da hora, rumamos pra Santo Wines.

Ela é uma das maiores e …

… mais organizadas vinícolas de Santorini.

Tinha feito a reserva dum tasting de 6 vinhos pra cada …

… com o acompanhamento duma salada grega (nota 8.5 no MicheLuz) e …

… um prato de queijos.

O garçom que nos atendeu, o Filippo, foi de uma generosidade imensa e …

… nos disse que tínhamos reservado muita comida.

Assim, rearranjamos tudo , tomamos …

… ou melhor, experimentamos um montão de vinhos, …

… comemos bem e …

… ainda tivemos direito a comprar uma garrafa dum Assyrtico Gran Reserva com o que sobrou.

Sem contar que a vista que a vinícola te proporciona …

… é mais uma daquelas cinematográficas.

Aproveitando ainda a posição geográfica, …

… resolvemos conhecer uma cidadezinha tida como bonita …

… e que está um pouco fora do circuitão turístico.

Pyrgos fica bem em cima de um morro e …

… a vista que se tem da ilha …

… e da Caldeira é belíssima.

Paramos o carro na entrada da cidade e …

… iniciamos a subida a pé.

Foi cansativo, …

… mas muito compensador.

Passamos por várias vielas, …

… onde moradores, certamente, …

… vivem o dia a dia …

… de uma forma muito tranquila.

Também passamos por lojas interessantes e …

… finalmente chegamos ao topo (Lost Horizon?), …

… onde fica um oásis, …

… o café Franco.

É claro que fizemos um pit stop por lá …

… com direito a estilosos Aperois Spritz …

… que simplesmente renderam …

… fotos perturbadoras.

Enfim, aconselhamos muito a visita a Santorini Roots, …

… representada por Pyrgos.

Retornamos pro hotel, …

… pois a intenção, seria …

… curtir o famoso por do sol …

… do nosso quarto.

E ele foi maravilhoso.

Acompanhamos todo o processo (deu até pra meditar!) …

… desde o princípio, …

… passando pelo por propriamente dito e …

… culminando com o tingimento do céu …

… com um vermelho alaranjado intenso.

Segue o obrigatório fotoblog.

Terminado este imenso prazer, fomos jantar …

… e no restô Elements, do Canaves mais novo, o Epitome.

O restaurante é bem bonito, apesar de não ter vista do mar.

Optamos pelo menu à la carte e …

… lá vieram …

… os agradinhos do chef,.

O lugar tem uma pegada gastromolecular …

… o que convenhamos é uma tanto old fashion e …

… a nossa entrada foi cenoura em vários formatos de preparação.

Estava muito bom.

Tomamos flutes de Champagne …

… e taças de vinho branco Assyrtiko de Santorini.

Os principais chegaram: a Dé escolheu um turbot com feijões amarelos, …

… e eu, um peixe numa crosta crocante com abobrinhas e caviar.

Tudo tão bom, ….

… que só nos restou retornar ao hotel e …

… torcer pra que os outros dias desta viagem …

…. sejam pelo menos, parecidos com o de hoje.

E tenho dito!

Opa.

Veja os outros dias desta admirável viagem:
Proti iméra – Grécia/Suíça – Vitznau – Que cachoeira e que hotel!
Defteri iméra – Grécia – Suíça – Lucerna e Lauterbrunnen, a dupla Lu-La perfeita.
Tríti iméra – Suíça/Grécia – Vitznau/Santorini – Do primeiro para o terceiro e maravilhoso mundo grego.
Tetarti iméra – Grécia – Santorini – Oia, Oia, Oia e acabamos “fondo”.

.

 


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.469.239 hits
setembro 2021
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Atualizações Twitter