Posts Tagged 'sp'

dcpv – reunião extraordinária no girarrosto

10/06/12

Reunião extraordinária no Girarrosto

Girarrosto =  Congegno atto a far girare lo spiedo su cui è infilata la carne da arrostire.

Fazendo uma tradução no meu modesto e castiço italiano, girarrosto significa o ato de fazer girar um espeto onde é enfiada a carne pra tostar. Pois é justamente a atração do novo restaurante Girarrosto que se localiza exatamente onde era antes o famoso Bar “Caju Amigo” Pandoro.

Lá existem vários deles que fazem porquetas, paletas de cordeiro, frango de leite, codorna recheada com legumes, costela Angus ao Barolo e por aí vai.
Como os sócios, Lourdes e Eymard, estavam por São Paulo e nós não conseguimos obter os nossos vistos americanos graças ao trabalho “maravilhoso” que uma tal de DHL “dita” Express não fez  e consequentemente, não pudemos ir pra Flórida; daí resolvermos passar a vistoria em algumas novidades gastronômicas da praia.

No sábado a noite, fomos tapear no Venga (por sinal, muito bom) e por um pequeno detalhe, vou ficar devendo o relato, já que levei a máquina fotográfica, mas esqueci o chip em casa. É claro que este incidente continuou no domingo, mas o Girarrosto é tão bacana que  resolvemos utilizar o celular pra tirar as fotos. Vamos lá!
O lugar é muito bonito. Super-charmoso, com vários ambientes e um cardápio extenso. Louve-se o formato dele. É uma folha de jornal, denominada Gazeta Pandoro  (trouxemos o nosso pra casa!) e de um lado tem notícias e curiosidades; do outro estão os pratos oferecidos.

Estávamos com um pouco de pressa (o Gustavo também e eles iriam pra Brasília) e optamos por experimentar massas.
O couvert foi servido. Pãezinhos quentes, azeite e uma tremenda sardela (outro bom sinal; a água é gratis).

A Lourdes escolheu Ravioli de espinafre recheado com brie e compota de figo na manteiga, sálvia e amêndoas.

A Dé foi minimalista e pediu um Pici com ragu de linguiça.

O Gustavo experimentou Ravioli de búfala ao molho de tomate fresco, presunto Parma e rúcula.

O Eymard de Ravioli de alcachofra fresca com fonduta de queijo de cabra e crispy de pancetta.

Eu, escolhi um Gnocchi de batata 3 sabores (tomate e manjericão, gorgonzola e funghi trufado).

Todas as massas, sem exceção, estavam excepcionais. Al dente, saborosas, quentinhas como mandava o frio vigente.

Aproveitamos pra tomar um vinho tinto Toscano, o Brancaia IGT 2009 que tinha bastante SanGiovese; também muito bom.

Ainda pedimos 3 sobremesas. Um Tiramisu

… e 2 Petit gateau de doce de leite com sorvete de baunilha. Os doces acompanharam as massas, ou seja, estavam perfeitos.

Resumo de tudo: o Girarrosto é um lugar pra vir sempre. O ambiente é acolhedor e pra cima; a clientela é bem diversificada e o melhor de tudo, a comida é um espetáculo.

O chef Paulo Barroso de Barros (ex-Due Cuochi Cucina) e seus sócio, o Paulo Kress investiram uma fortuna (dizem que gastaram 10 milhões de reais em dois anos de obras) pra transformar este lugar e acredito que ele veio pra ficar. (Atualização – Ainda mais agora que o Salvatore Loi, ex-Fasano, irá tomar conta das panelas).

Nós, pelo menos, voltaremos sempre.

Hasta.

.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 662 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.415.184 hits
junho 2019
S T Q Q S S D
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios