Posts Tagged 'starbucks reserve'

dcpv – seventh day – usa – ny – mistura bombástica: compras e psycho killer.

17/07/2021 (vivido em 15/01/2020)

Seventh Day – USA – NYMistura bombástica: compras e Psycho Killer.

Como sempre, o tempo da Big Apple nos surpreendeu.

Após dois dias muito broncolhões …

… (ainda bem que estávamos na NRF), …

… o sol nasceu com galhardia.

Um céu absolutamente azul …

… nos convidou a sair da cama e …

… curtir o que NYC tem de melhor.

Shopping? Sim, mas shopping com experiência.

Foi praticamente este o tema da NRF.

Você precisa oferecer ao seu cliente um enredo tão bacana …

… que mesmo após fazer a sua compra, ele continue encantado.

Então aproveitamos as dicas e fomos atrás de lojas que praticam (ou tentam) isto.

Tomamos um belo café da manhã, …

… no nosso novo queridinho, …

… o Pastis, …

… pegamos um Uber (como eles funcionam bem por aqui) e …

… fomos “SoHar”.

A primeira parada foi na Champion, uma loja de artigos esportivos, …

… que achamos bonitinha, mas normalíssima.

Em seguida, passamos na Em Pty.

O trocadilho do nome é bem bacana e a loja é trendy demais.

Passear pelo SoHo é um grande deleite e …

… ainda conseguimos ver uma filmagem …

… do que parecia ser uma série ou até mesmo um filme.

O aparato era imenso. Coisas de NY.

Andamos mais um pouquinho até chegarmos à Levi’s.

Esta loja é muito legal, …

… tem inclusive uma área para customização.

A próxima foi a Stance, uma das nossas queridinhas e …

… que vende …

… meias.

Sim, meias e as melhores do mundo. 🙂

E já que o assunto eram meias, aproveitamos pra ir na loja dos melhores sapatos do mundo.

São, no mínimo, os mais trends.

Allbirds é especialista em fazê-los muuuuuito confortáveis e de um modo totalmente sustentável.

Logo ao lado, a loja do MoMa extrapola …

… no quesito “que coisa bonitinha” e …

… “como é que eu nunca tive uma destas“?

E aí você as compra!

Visitamos mais uma, a Converse, aquela do All Star e …

… não achamos grande coisa também.

Em seguida, a Showfields, autointitulada a loja mais interessante do mundo …

… mostrou que realmente parece ser.

O espaço todo é bem malucão …

… com um café modernoso e …

… ela é totalmente formada por stands transados e …

… ocupados por empresas novas …

… que  produzem coisas totalmente diferentes dos usuais (isto acima é um teclado).

Ou seja, a loja é mesmo incrível e …

… vale uma visita.

Compramos algumas coisas bem legais na lojinha deles.

Continuamos andando e …

… respirando o ar maravilhoso do SoHo …

… quando resolvemos comer alguma coisa.

Escolhemos o Le Pain Quotidien.

Fomos de quiche de vegetais e …

… uma tartine de muçarela e pesto.

Apelamos pro Uber novamente e …

… fomos praquela maravilha que é o Oculus

… mais conhecida como a estação de metrô …

… do World Trade Center.

Que beleza!

Aquela construção bonita …

… do gênio Santiago Calatrava …

… nos faz pensar …

… no que o homem é capaz de fazer quando está …

… realmente inspirado.

E olha que nem sabia que ela foi idealizada com o principio de representar um olho mesmo e …

… que uma vez por ano, eles abrem o pequeno teto retrátil …

… pra que seja vista a torre da Liberdade e …

… pra que a humanidade nunca se esqueça de 11/09.

Sublime, né?

Ainda demos uma passadinha na região, …

… entramos no Target, …

… só pra comprar algumas coisinhas e …

… dar uma “secada” na programação visual deles …

… que é linda.

Ainda deu tempo …

… de curtir aquele por do sol …

… maravilhoso, …

… fazer um leve happy hour …

… na não menos Starbucks Reserve Roastery …

… com direito a coquetéis especiais à base de café, …

… uma passada no Chelsea Market e …

… nos prepararmos pro acontecimento de hoje a noite.

Iríamos assistir a um show do incrível David Byrne.

Pra quem não sabe, ele foi o criador do Talking Heads e …

… atualmente, está fazendo um show na Broadway, o American Utopia

… só que sendo ele mesmo.

É claro que ele canta algumas músicas antigas, …

… mas o show todo é de uma singeleza e …

… ele tem tanto carisma …

… que fica impossível não gostar do espetáculo.

E os 100 minutos de duração passam muito rapidamente …

… seja pelo showman que o David é, …

… seja pela habilidade dos músicos que compõe a banda (tem um brazuca lá), …

… seja pela atmosfera reinante.

Em suma, quando percebemos, …

… estávamos todos dançando e …

… cantando Burning down the house.

Mais alto astral, impossível.

Só nos restou voltar pro hotel, …

… dar uma derradeira passada na Starbucks Reserve e …

… ir descansar.

Ufa, NY não é fácil, não.

Psycho killer, qu’est-ce que c’est … 

Veja os outros dias desta interessante viagem:
First day – USA – Boston – Sem piadinhas, por favor!
Second day – USA – Boston/NYC – Um contraste incrível e uma constatação mais ainda. Incrível mesmo é o The Vessel.
Third day – USA – NYC – A cidade que nunca dorme. E nós também.
Fourth day – USA – Nova York – Varejando, passeando e comendo bem na Big Apple.
Fifth day – USA – NYC – Conhecendo o The Vessel, o vaso chic por dentro.
Sixth day – USA – NYC- Tem NBA, estamos lá!

 

 

dcpv – dia undicesimo – suíça/itália – lugano/milão – cidades maravilhosas com lugares tanto quanto (lac, parco ciani, la rinascente, starbucks reserve).

20/03/2021 (vivido em 20/11/2019)

Dia undicesimo – Suíça/ Italia – Lugano/MilãoCidades maravilhosas com lugares tanto quanto(LAC, Parco Ciani, La Rinascente, Starbucks Reserve).

Vou fazer uma pergunta que nunca formulei.

Dia de troca de hotel é dia perdido? Hahaha

Pois acredito que não.

Iniciamos tudo com um lauto café da manhã com view nublada, …

… mas view no The View.

Depois pegamos o nosso Smart elétrico, ô carrinho bacana e …

… fomos conhecer Lugano pessoalmente.

Sem contar que hoje seria o dia, segundo a previsão, …

… que teríamos sol.

Optamos por parar no estacionamento do LAC por absoluta falta de opções.

Mas a decisão foi correta.

O prédio é bonitérrimo e …

… o entorno dele não fica atrás.

É a junção perfeita do lago Lugano, …

… com árvores em plena autumn fall e …

… muita arte.

Uau!

Deixamos o carro por lá e fomos bater pernas.

Passeamos pelo centro, …

… que é pequeno, …

… mas que tem um urbanismo bonito, …

… muitas lojas bacanas, …

… comércios de alimentos de primeiríssima linha …

… (vejam só: …

… chocolates incríveis, …

… (a Läderach é hours councours) e …

… chegamos à piazza Riforma.

Mais um lugar marcante da cidade.

Neste momento o sol estava a pleno vapor e …

… podíamos ver o resplandecer da natureza e do lago.

Como a expectativa era grande, …

… fomos andando pela borda do lago …

… até chegar ao Parco Ciani.

Ele é um tipo de Ibirapuera upgradeado, …

… quase um Stanley Park.

E toda a natureza de lá estava no auge da sua beleza.

Nada melhor do que deixar as fotos falarem (porque estas falam):

Depois deste banho de adoração, …

… retornamos pro LAC …

… pela borda do lago e …

… em vez de ir pro hotel, …

… pegamos o nosso piccolo Smart e …

… fomos até Morcote.

A cidade, não a mexerica.

Ela fica a uns 20 minutos de Lugano e …

… pra se chegar lá é necessário …

… margear o lago.

Ou seja, é maravilhoso.

E a cidadezinha não fica trás.

É muito graciosa e …

… infelizmente, não tivemos tempo de ficar muito por lá.

Retornamos pro hotel, fizemos o checkout, …

… (certamente retornaremos) e …

… tocamos pra Milão …

… pra curtirmos a última perna da viagem.

20191120_125822

Antes de irmos pro hotel que reservamos, …

20191120_132953

… resolvemos conhecer a Casa Milan, do time de futebol homônimo.

20191120_134641

E foi uma decisão acertada.

20191120_134907

Tudo é muito bacana e bastante rubro-negro pro meu gosto. 🙂

20191120_144521

Como estávamos com fome, optamos por comer uns lanches, …

20191120_135059

… por sinal, ótimos, …

20191120_140529

… no bistrô de lá.

20191120_134857

Depois, fomos conhecer propriamente o museu.

20191120_142328

Que é espetacular.

20191120_142409

Utiliza bastante holografia …

20191120_143028

… pra nos mostrar tudo o o que o Milan foi.

20191120_143604

Porque hoje em dia, o time italiano não mete mais medo em ninguém, …

20191120_142450

… mas no tempo do Berlusconi, o mandão, …

20191120_142514

… os caras ganhavam quase tudo.

20191120_142801

O museu é muito moderno e …

20191120_142858

… a sala de troféus é um dos pontos altos.

Ver a “oreiuda” ao vivo é demais!

Não esqueçamos a importância do Kaká na história mais recente dos milaneses.

Acho que ele não precisará pagar mais nenhuma pizza quando estiver por aqui. 🙂

Finalizamos na excelente lojinha …

… onde acabei comprando alguma coisinha!

E sempre fica a pergunta: …

… porque os times brasileiros (Timão incluso) não conseguem fazer alguma coisa parecida?

Chegamos no Hotel Armani e …

… confirmamos o óbvio: …

… ele também é o máximo.

Quartos imensos, …

… muita mordomia e …

… amenidades de fazer qualquer um chorar.

Demos um gás pra devolver o carro alugado em tempo …

… na Estação Central.

Aliás, a belíssima Estação Central.

Foi só o tempo de curtir um pouco o hotel e …

… irmos até a charmosa região da dupla de ouro, …

… Galleria Vittorio Emanuele/ …

… Duomo, …

… pra dar uma passada na La Rinascente.

Enquanto eu fiquei tomando um Aperol Spritz e …

… a Dé passeava pela loja toda em busca de algum presente pra mim (amanhã seria o meu niver).

Foi bem divertido, …

… fora a possibilidade de estar no mesmo nível do telhado do Duomo.

Lindo!

Dali, andamos mais um pouquinho e …

… fomos, finalmente, …

… conhecer a nossa queridinha de sempre.

Starbucks Reserve Roastery daqui é monumental.

O prédio é histórico (era o antigo Correio) e …

… a parte interna é deslumbrante.

O princípio das outras que conhecemos (Seattle e NY) é o mesmo.

A intenção é ter um lugar amplo, muito moderno, …

… com uma trilha sonora incrível e …

… uma torrefadora de cafés especiais …

… bem na sua frente.

Além disso, tomar uns bons drinks à base de café …

… num bar de cinema e …

… comer algumas coisinhas muito italianas, tais como focaccias e pão com mortadela.

É realmente viciante e certamente retornaremos.

Ufa, agora posso responder à pergunta lá de cima.

Se for um dia como hoje, certamente não é perdido.

E tenho dito!

Veja os outros desta viagem espetacular:
Dia primo – Itália – Milao/Piemonte – Em busca da trufa branca,o fungo perfeita!
Dia secondo – Itália – Piemonte – O verdadeiro giro com Giuseppe.
Dia terzo – Itália – Piemonte – Barolo, a terra dos Barolos.
Dia quarto – Itália – Piemonte – Em busca da trufa perdida. Ou melhor, do tartufo achado.
Dia quinto – Itália – Piemonte – Visitando uma vinícola e uma grapperia piemontesas. Ah, já viu como se abre uma forma de parmigiano?
Dia sexto – Itália – Piemonte – Dá pra comer caracol, ops, escargots?
Dia settimo – Itália – Piemonte – Cerveja piemontesa. Tudo a ver.
Dia ottavo – Itália/Suíca – Piemonte/Lugano – Do primeiro pro primeiríssimo mundo.
Dia nono – Suíça – Lugano – Orta San Giulio, Stresa, Bellinzona: cidades ítalo-suíças ou seriam suíço-italianas?
Dia decimo – Suíça/Itália – Lugano – Onde, quando, como? Sim, o lago.

.


É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 656 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1.470.250 hits
outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Atualizações Twitter