Posts Tagged 'urban secrets'

dcpv – dia dues – barcelona – espanha – o barça passou como um segway por cima do osasuña.

04/01/2012

Dia dues – Barcelona – Espanha – O Barça passou como um Segway por cima do Osasuña.

Mais um belo dia em Barna.

E mais um passeio de Segway. Seria a nossa terceira experiência (vide Madrid e Roma), mas a primeira da Re.

Saimos correndo do hotel e nos encontramos com o nosso guia na Plaça Sant Jaume (local onde fica a prefeitura da cidade).

Após breve aclimatação às potentes máquinas, iniciamos o tour propriamente dito pelo Bairro Gótico.

Conhecemos as muralhas romanas antigas, …

…inclusive, um rascunho do que seria uma das 4 portas principais da cidade naquela época, …

… passamos pelo centro do bairro Gótico, …

… com suas vielas apertadas e sorumbáticas, …

… veneramos la Merced, a santa padroeira da cidade, …

… e que simplesmente é vista de todos os lugares possíveis e imagináveis.

Andamos bastante até chegar a zona portuária de Barcelona.

Port Vell, …

… com seus piers, …

… o símbolo da cidade feito pelo Gaudi, …

… vimos a lagosta que é um camarão,…

… e um dos novos ícones, o hotel W, …

… que foi construído num local em que seria impossível tal ato : …

… praticamente dentro do mar.

Segundo o nosso convicto catalão guia, muita propina foi distribuída pra que isso acontecesse.

E aí ele perguntou se este tipo de coisa acontecia no Brasil?

Nós repondemos em uníssono: Não! E demos muitas risadas.

O resto foi caminhar, …

… ops, dirigir, …

… ops, segwaynear de volta até o ponto de partida, ou seja a Plaça Sant Jaume.

Pra variar, saímos correndo, porque tinhamos um almoço reservado. E numa loja de souvenires.

Eu explico melhor no almoço de amanhã que será numa tinturaria, mas basicamente, o UrbanSecrets é um clube onde os restaurantes são camuflados e o que parece ser, não é.

Nete caso, é uma aparente lojinha chamada Chi-Ton bem em frente a Casa Millá, em que a vendedora/recepcionista vem te atender perguntando se você tem uma reserva. A partir do teu sim, ela te leva pro subsolo num elevador e você chega num espaço com 4 cozinhas e várias mesas em frente a elas.

Fomos alojados numa delas e informados que o menu do almoço do dia seria composto de, ou salada invernal ou arroz com gambas (o popular camarão) como entradas e magret de pato (os sócios iriam adorar) com purê de batata-doce ou rodovalho com tupinambur, como principais.

A Re escolheu a salada (normal, bem temperada e crocante) …

… e eu e a Dé, …

… o melhor arroz com gambas que comemos até hoje.

Isto tudo com o chef trabalhando e preparando bem na sua frente.

Tomamos um herbáceo vinho branco Perro Verde 2011.

Mais uma bela olhada no não menos lugar e os principais chegaram. O peixe pra Dé …

… e os magrets pra mim e pra Re.

E que magrets! Suculentos, saborosos e lindos.

Fomos presenteados com taças de cava …

… e a sobremesa única chegou: um saboroso creme de mascarpone com uma farofa de chocolate.

Certamente foi o melhor custo x beneficio da viagem (24€ por pessoa) …

… e só nos restou passear pela área onde o modernismo imperou.

Aproveitamos a proximidade da Avinguda Diagonal pra conhecer a Casa de les Punxes (chamada assim por causa das suas torres pontudas) , …

… o Palau Montaner (projetado por Domenech i Montaner) …

… e a Fundació Antoni Tàpies (também obra do Montaner).

Voltaremos amanhã pra fazer este circuito de verdade, mas o aperitivo foi bem legal.

Retornamos pro hotel e nos arrumamos com trajes de gala; vestimos os nossos uniformes do Timão.

Afinal de contas, iríamos assistir a um concerto futebolístico.

Fomos ao Camp Nou ver o Barça desfilar a sua técnica num jogo contra o Osasuna, pela Copa do Rey.

Se bem que as notícias não eram alvissareiras: Iniesta estava machucado e o grande Messi, voltando das férias argentinas e gripado.

Chegamos ao estádio, mas antes passamos na lojinha (lojona?) pra fazer umas compras básicas.

O Campo Nou é imenso (quase 100000 espectadores) e nos alojamos nos nossos ótimos lugares. A surpresa foi que o Messi estava na reserva.

Pensamos: se o jogo estiver difícil, o Guardiola coloca o “pulguinha” pra resolver.

Triste ilusão; com 20 minutos de jogo, o Barça já tinha enfiado 2×0 (dois gols de Fabregas, o segundo um golaço de cobertura) e a fatura estava liquidada.

Impressionante como o Barça joga muito e todo mundo fica só olhando (vide Santos).

O jogo virou e com 10 minutos do segundo tempo, se ouviu um burburinho no estádio. Não é que o Guardiola ia colocar o Messi pra jogar?

E foi mais uma aula de futebol. Veja se não?

Ele tocou umas dez vezes na bola. Fez 2 gols (um de cabeça e um colocando no cantinho com a magnífica esquerda), …

… deu duas cavadinhas (uma passou pertinho, a outra foi na trave) , …

… sofreu um penalti (que o ladrão espanhol não apitou) …

… e ainda deixou os companheiros na cara do gol.

Resultado? 4 x 0 pro Barça. É, o baixinho joga muito.

Ainda bem que estávamos por aqui. Estamos levando um relatório completo que facilitará muito a vida do Tite quando da final no Japão. 🙂

Ah! Tivemos um pequeno stress na volta, pois não imaginávamos como seria difícil encontrar um meio de transporte pra voltar pro hotel. Táxi? Impossível. Chegamos ao metrô, mas incrivelmente ele estava fechando (o jogo foi as 22:00 hs e o metrô fecha a meia-noite. Os cartolas de lá, gorjeiam como os daqui!).

O jeito foi esperar um ônibus extremamente lotado que nos deixou na Plaça de Catalunya.

Sabe que só assim conseguimos lembrar dum jogo do Timão?

Hasta.

Veja o outro dia da viagem:
Dia un – Barcelona – Espanha – Mercat de la Boqueria e Xocolateria Fargas; prazer em revê-los. Em todos os sentidos.

Anúncios

É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 658 outros seguidores

Posts recentes

Comentários

Blog Stats

  • 1.425.466 hits
outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Atualizações Twitter

Anúncios