jour quatre – nada como fazer uma feirinha em paris

xepá?
07/02/10

Nada como fazer uma feirinha em Paris.

Domingão. Nublado e frio. Mas com um belo upgrade: em Paris.

Dizem que não tem muita coisa aberta aos domingos por aqui. E é verdade, mas aproveitamos pra realizar um dos meus sonhos que é ir a feira, escolher bons ingredientes e cozinhar. Em Paris!


E foi o que fizemos. Aproveitamos pra dar uma passeada pela praça da Bastilha (pertinho do apê) e fomos conhecer o Marché d’Aligre (metrô Ledru-Rolin), que fica um pouco adiante.

É uma grande feira livre que tem somente um pecado: não tem pastel. No restante é pra qualquer um babar e se admirar com a quantidade de ingredientes fantásticos, fresquíssimos e com o mais absoluto pedigree.
Legumes, …

… verduras, …

… carnes e …

… e muito mais. Tudo de ótima procedência.

Voltamos andando (e é certo que este é o segredo dos franceses serem tão esbeltos apesar de comerem tanto! rsrs) e ainda deu tempo de passarmos no  marché de la Bastille e verificar que ele é tão bom ou melhor que o d`Aligre.

 

Flores, …

… cogumelos …

…  e frutos do mar. E que frutos do mar!

Mon Dieu, é demais!

Pra não perder a viagem, encaramos uns belos macarrons e algumas éclairs do Lenôtre.

Tudo prontíssimo pro almoço no apê. Fiz um risotto de alho poró com bacon, peito de frango com molho de alho poró e creme de leite e batatas duchesse.

Tudo isto numa mesa montada com vista pra multidão que passeava na Rue des Rosiers, já que além da região do Marais ser fantástica, parece que toda Paris se desloca pra lá aos domingos.

A Renata (que tinha passado o final de semana na Disney) estava acompanhada da Carol, uma amiga dela e aproveitamos bastante o almoço familiar.

 Ah! Tomamos um belíssimo vinho branco Saint Veran que, infelizmente, não tinha nada a ver com o nosso estabelecimento comercial da grande FV.

Passamos a tardinha batendo pernas pelo Marais em meio a multidão e descobrindo lojinhas espetaculares. Entre elas, a Mariage Frères, especializada em chás e com um restaurantezinho muito bonito. Não entramos pois a fila era imensa, mas ficou anotado no caderninho. Aguardem.

Pra aplacar a fome, uma passadinha no Chez Hanna, pra comer um belo falafel. Esta região de Paris é tida como o melhor lugar pra comer esta iguaria e existe uma série de estabelecimentos especializados nele por aqui.

Voltando ao Chez Hanna, ele é quase um sujinho, mas que é simpático ao extremo e com uma decoração charmosa e barata.

O falafel do Chez Hanna é imperdível. Pedi um completo, com hommus, legumes crus, pasta de tomates, repolhos, beringela frita e pão sírio.

A Dé, mais modesta, foi só de pasta de tomate e pimentões .

 Ah! E duas taças dum belo vinho rosé israelita (não se esqueçam que o Marais também é um bairro judeu).

Devidamente alimentados, andamos um pouquinho num tremendo (literalmente) frio e fomos pro apartamento felizes da vida.

Quer saber duma coisa? Alugar apartamento é legal demais. E quer saber de outra? Viajar slow é mais legal ainda.

À demain.

.

Anúncios

12 Responses to “jour quatre – nada como fazer uma feirinha em paris”


  1. 1 Patricia - Turomaquia março 11, 2010 às 7:30 am

    Acabo de voltar de lá, que frio senhor deus do amor! E me deliciei com o espaço gourmet das Galerias Lafayete!
    beijos e ver estas fotos a esta altura da manhã dá muita fome!

  2. 2 Carla Luz março 11, 2010 às 9:39 am

    Tio
    pode por aí um credito que foi a sua sobrinha q Tê deu essa brilhante ideia de alugar um apto
    mto grata
    bj
    hahahahahaha

  3. 3 Ameixinha março 11, 2010 às 10:53 am

    O melhor de vir aqui é que, na impossibilidade de ir a Paris, podemos viajar pra lá com vocês a indicar os melhores caminhos 🙂

  4. 4 Hugo março 11, 2010 às 2:34 pm

    Só de ler já dá vontade de fazer as malas e pegar o primeiro voo para Paris.

    E se não bastasse a viagem fantástica, o almoço feito em “casa” foi uma experiência que poucos vivenciam.

  5. 5 Guta março 11, 2010 às 4:20 pm

    Amei o post! Sou uma doida da feira e é incrível como em Paris as coisas conseguem ficar ainda mais legais e mto mais charmosas! Não sou do estilo slow travel, mas depois desse post deu vontade de ser!
    mto legal!
    bjus

  6. 6 Eymard março 11, 2010 às 9:09 pm

    Estava pensando algo proximo…quando leio o comentario do Hugo! A sua viagem nao acaba nunca…continua no seu jeito de descreve-la e nas belissimas fotografias tiradas. Tudo perfeito! E que nao acabe nunca (como Paris).

  7. 7 Mari Campos março 12, 2010 às 5:39 pm

    Senhor! Alem de abrir – terrivelmente!!! – o apetite, esse post eh um colirio para os olhos tambem. Que explosao de cores!

  8. 8 Emília março 12, 2010 às 5:47 pm

    Tomatinhos-cereja! Adoooro e estes estão suculentíssimos, até já estou imaginando o cheiro de tomate em rama…
    E os poulets de Bresse, com patas escuras…foi um deles que foi para a panela?
    Tudo bom demais, Edu, difícil não gostar de feira, ainda mais em Paris!
    Um ótimo final de semana para vocês!

  9. 9 Isabel O., Portugal março 13, 2010 às 3:40 pm

    Olá por aqui…
    É a minha primeira vez.
    O problema dos vossos blogues é que são tão bons que, nos últimos (sei lá quantos) meses, passo horas a “viajar”. Não admira que sinta os “olhos tão cansados”.
    Que post incrível – joie de vivre” no seu melhor. Lembrei-me de um programa de gastronomia que passa agora por cá de uma cozinheira famosa “Nigella Lawson”. Apesar de inglesa, o programa destila um charme francês pelo ar quase pecaminoso que ela põe a cozinhar.
    Já registei o site do apt para quando voltarmos a Paris. Em Berlim tb ficámos num e adorámos a experiência.
    Ainda pensei fazer o mesmo para NY, mas o nº de noites e o tempo que contamos estar dentro de casa não se justificava.
    Achei graça aos pézinhos no avião, do outo post. Eu alterno entre perninhas no colo do Mário ou grandes saltos altos (que só uso na viagem) pois sou minúscula e não chego com os pés ao chão.
    Resto de boa estadia para toda a família.

  10. 10 Isabel O., Portugal março 13, 2010 às 3:48 pm

    Vi só a data da publicação e não da viagem.
    Já regressaram, li algures.
    O que interessa é que foi uma boa viagem.

  11. 11 Majô março 15, 2010 às 2:31 pm

    Edu, essa feira fez bem aos olhos e o almoço com tudo fresquinho, com certeza foi saborosíssimo, nenhum restaurante chega aos pés 😉

  12. 12 eduluz março 16, 2010 às 8:53 am

    Patricia, passamos rapidamente pelo espço Gourmet da Lafayette. Mais um que deixamos pra próxima (que espero, não demore!).

    Cacá, posso sim. E pra mais um montão de relatos do Riq e tripulantes. Agora, o apartamento ajuda muito e neste caso, ajudou demais!!
    Pessoal, ela é minha sobrinha mesmo, filha do Déo!! 🙂

    Ameixa, se precisar de guias por lá, é só nos avisar!!

    Hugo, você captou a mansagem! Cozinhar em Paris é uma experiência fantástica.
    Muito boa viagem pra você e aguardo os relatos sobrea Provence.

    Guta, também não sou muito, não. Mas esta viagem merecia uma “slow”. Ainda mais com feiras-livres!!

    Eymard, esta vai acabar. Mas, como as lembranças ficam, já estamos planejando a próxima.
    Se bem que ainda tenho uns 10 posts sobre Paris.

    Emília, na verdade os peitos já eram desossados e cortadinhos, comprados o FranPrix!! rsrs
    Já s tomatinhos estavam adociados e dá pra imaginar o sabor quando comidos com baguete, azeite e um pouquinho de Flor de Sal!! Huuuummm!

    Isabel, foi mesmo uma grande viagem.
    E a Nigella também passa por aqui, se bem que repeem tanto que parece que a mulher tem sempre a mesma idade e o que os filhosdela são verdadeiros Peter Pan!! 🙂
    Quanto aos “pexinhos”, tiramos sempre esta foto ao inicarmos uma viagem.

    Majô, quase isso. Porque comparando com o Ducasse e o Robuchon, tenho certeza que fico em terceiro lugar!! rsrs

    Abs a todos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




É só inserir o seu email, clicar no botão "Seguir" e a cada novo post publicado aqui, você receberá uma mensagem com o link. É fácil, qualquer criança brinca, qualquer criança se diverte! :)

Junte-se a 640 outros seguidores

Comentários

Blog Stats

  • 1,336,629 hits
março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: